24 de mai de 2010

Resto de Carnaval






Cinco dias de folia é pouco para tudo o que o carnaval oferece. Amigos, musica, bebida e muita dança, algo que ninguém deixaria para trás. Pessoas. Pessoas que nos marcam com um sorriso, um olhar.

Parece que foi ontem que tudo começou. Não foi algo tão esperado, mas que marcou na memória.
Festa, alegria, diversão. Tudo em uma avenida só. E em diversas trocas de olhares em meio a multidão, teve algo que brilhou ali. Um sorriso sincero abriu-se em meios de seus lábios vermelhos. Que frio na barriga. Um calor subiu em minhas têmporas, e permaneceu por la.
Em passos leves e singelos, cada vez mais aquele sorriso se aproximava de mim. E eu o esperava com o coração já enlouquecido.
Naquele momento a avenida parou. As pessoas andavam em câmera lenta, a musica soava como um suspiro onde meu coração gritava sem muitas explicações.
Aquele sorriso chegou até mim. Mas algo de errado aconteceu. Por que aquele sorriso tão belo desaparecera tão rápido? Meu coração parou.
Suavemente senti um vento em meu ouvido: " Você está linda hoje". Foi algo tão rápido e ao mesmo tempo emocionante. A emoção me fez respirar.
Esse sorriso que já não é mais de carnaval, assombra meus sonhos, alegra meus dias e se junta com os meus. Esse sorriso que é muito mais que um resto de carnaval.

Nenhum comentário:

Postar um comentário